Como trabalho | Obstetrícia

 

Cada mulher traz uma história. E um parto é sempre diferente do outro, ainda que se trate da mesma mulher. É impossível prever como o parto vai evoluir. Cabe aos profissionais estar junto da mulher, atentos à evolução do trabalho de parto.

 

Entre os mais importantes princípios do modelo de assistência obstétrica que ficou conhecido como ‘parto humanizado’ estão: a prática baseada em evidências científicas e o protagonismo da mulher, ou seja, é dela o papel mais importante. Além disso, não há procedimentos de rotina: as intervenções limitam-se ao realmente necessário.

 

A obstetra Andrea Campos vem trabalhando nesse modelo desde os primeiros anos de sua formação em medicina. De agosto de 2004 – quando nasceu Francisco, o primeiro bebê de uma mulher atendida no consultório – a agosto de 2015, Andrea assistiu 1042 nascimentos. Esse número não considera os incontáveis nascimentos acompanhados em plantões nos hospitais públicos onde ela trabalhou. Desse total, 130 foram cesáreas, o que corresponde a uma taxa de 12%, dentro do ideal recomendado pela OMS. Em 32% dos nascimentos, houve uso de analgesia.

 

O atendimento é realizado por uma equipe multidisciplinar, que trabalha em parceria. Médicos obstetras são chamados a auxiliar nos partos em que há necessidade de intervenções – incluindo aqueles que terminam em cesárea – enquanto obstetrizes auxiliam nos partos de evolução fisiológica. Quando há necessidade de analgesia, anestesistas especializados em parto normal oferecem alívio da dor, sem perda de movimentos.

 

O neonatologista recebe o bebê, priorizando o contato pele-a-pele com a mãe e o aleitamento materno na primeira hora de vida, sem realizar intervenções de rotina. Se estiver tudo bem, o bebê não é separado dos pais em nenhum momento, o que é chamado de alojamento conjunto.

 

A presença da doula, acompanhante de parto que dá apoio físico e emocional à mulher durante o trabalho de parto, é incentivada: é cientificamente comprovado que sua presença diminui a necessidade de analgesia, entre muitos outros benefícios. A doula está a serviço da mulher e é escolhida por ela.